quinta-feira, 27 de dezembro de 2007

Proibido Channel Nr5!

Hoje estou demasiado irritado para deixar passar esta...
A partir de 1 de Janeiro vai ser proibido fumar em quase tudo o que é sítio...mas que filhos da put@ inventaram esta lei?
E que cambada de retardados ainda estão a favor?
Independentemente de eu ser fumador ou não, acho esta nova "lei" no mínimo absurda, senão elitista.

Vejamos:
Nos transportes públicos vou ter de continuar a levar com a cambada de sem-abrigo que insistem em olhar para a banhoca como algo intocável.
Vou ter de continuar a levar com cargas massivas de gases poluentes e afins pelas narinas acima, devido ao elevado parque automóvel.
Vou ter de continuar a levar com as c@br@s das tias com os seus perfumes pseudo-finos que a única reacção que causam são lágrimas nos olhos.
Vou ter de continuar a levar com ETAR's e outras fossas sanitárias que no Verão insistem em colonizar as zonas ribeirinhas de exércitos de moscas.
Vou ter de continuar a levar com merd@ de cão nos sapatos, e com muita sorte, pois se tropeço em plena Lisboa, arrisco-me a levar um brinde para casa.
Vou ter de continuar a levar com Brises e Odor-Stop's infernais nas casas-de-banho públicas...
Mas o tabaco é que não!!
Livrai-nos desse mal!
Toda a gente morre de tromboses, jiposes, obesidades, bicos de papagaio, etc.. mas o tabaco é o malifício do Demo.
Os anti-tabagistas (mais uma raça que devia ser enfiada num barco de borracha direitinho ao Polo Sul) são os piores.
Parece que ao mínimo sinal de fumo ligam os pirilampos e toca de chamar as autoridades para porem fim à tormenta!
Fod@-se!!
Vão mamar na 5ª pata de um cavalo voador!
Já não basta os sítios comuns onde é proibido fumar, como também querem tornar-me um criminoso!
Vão para a real put@ que os pariu!
Não tolero, nem nunca vou tolerar que me obriguem a apagar o cigarro!
O 1º camafeu que tentar obrigar-me a tal, vai para o Stª Maria com o cigarro fundido na testa!Eu não lhe peço para tomar banho, mudar de perfume ou ir ver se está a chover, portanto, não me incomode!
Durante uma refeição, num restaurante, até compreendo... comer o fumo não deve ser agradável de todo, mas no meio de um Shopping?
No atrium de um edifício?
Haja paciência!
O que era proibido, agora é moda, e o que era moda, agora é proibido!
Proibirem-me de fumar?
Passarem-me multas?
Isso é que era doce!
Bom senso é comum a todos os humanos, mas a cobardia é tal, que agora todos querem mandar em toda a gente.
Se fumo onde não devo, chamam a polícia, mas se o vizinho estiver a espancar a mulher, mandam f#der o assunto, pois entre marido e mulher ninguém mete a colher!

Só tenho uma palavra a dizer:
Fod@m-se!

Ainda está por nascer o 1º que me vai obrigar a seja o que fôr!

PS: Perdão pelo português, mas era só um desabafo.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Bolachas e Leitinho!

Eu sei que não digo nada de jeito, mas por vezes deixo a parvoíce de lado e olho para os outros (só para ver se são mais parvos que eu).

Mas quem é que se lembrou de colocar Bolachinhas e Leitinho para o velho pançudo que desce as chaminés morfar, quando deixa a prendinha no sapato?
É no mínimo crueldade com os desfavorecidos!
Senão vejamos:

É mais velho que arrear o pastel de pé.
Esta grávido de 15 meses (para ver a dita, creio que usa um espelho)
É velho que se farta (logo, nada melhor que um penalte de tintol para afinar o motor)
É barrigudo (não são leite e bolachas que alimentam aquele tractor)…
Vem do frio e trabalha à noite (uhn… será porteiro de uma disco Filandesa?)
Não entendo.
Estamos a falar de um Mister centenário…perdão DO Mister Centenário, que quando nasceu, já era velho…
Nasceu lagarto e ao que sei mudou para a massa associativa do SLB… mas come bolachinhas?
Então o homem farta-se de dar ao cabedal e nem sequer tem direito a uma sopa de cavalo cansado?
Enfia-se pela put@ da chaminé abaixo só para nos deixar contas da Worten para pagar (10x sem juros) e dão leitinho ao pobre coitado?
Nã… este ano, o jarreta vai rominar do bom e do melhor.
Assim que descer a minha chaminé, comprada no Ikea por €5,49, vai ter um cozido à portuguesa e um jarro de tinto à espera.
Para rematar, um chiripiti lá da terra…só para desmoer.
E para as renas?
Pobres bichos, liderados por um veado (não literalmente; expressão brasileira para indivíduos de gosto dúbio…porque ninguém duvida que gostam de chouriço aos empurrões), de nome Rodolfo, com o nariz do Batatinha…
Vai haver Pedigree Pal Sénior para as bestas…perdão, animais… coitadinhas… dar às patas para voar, não deve ser pêra doce…
Já sei… acham que estou a exagerar…

Imaginem então:
O velhote anda para ali armado em tolo, a voar de casa em casa num veículo sem sofagem, sem vidros e sem tecto…
Nem um fatinho de cabedal, nem uma luvinha com protecções ou um capacete da Shoei o pobre coitado leva…(olha se ele tem um acidente contra o Padrão dos Descobrimentos)…
Ninguém pensa nestes pequenos pormenores…
Pobre Homem…
Além de ter de levar com as nossas cartas absurdas a pedir a Marisa Cruz como prenda, ainda tem de levar com um manuel que há mais de 2000 anos que tem a mania que ainda é menino, com 3 professores Chibanga a acharem-se Reis e com uma Maria que meteu no miolo que mesmo depois de parir ainda é Virgem…
Tudo porquê?
Pela porra das Bolachinhas e Leitinho!

Metam lá a mão (e só a mão) à consciência e ajudem quem precisa!

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Ser Grey... perdão Gay!

Não sei se é devido à falta de inteligência ou se a um instinto Neandertal de masculinidade, mas não consigo, por mais voltas que dê às truces, entender o que é “ Ser Gay “.
Raios ma partam se não hei-de descortinar este mistério…
Ora vejamos, vejo na TV organizações a favor dos direitos dos Gays, manifestações e paradas Gay, gajas boas acompanhadas por Gays, chefias completamente Gay…uhnnn
Que fenómeno é este?
Há um anos valentes, quem tivesse tiques algo mais enfeminados, era esbofeteado atrozmente ou gozado durante todo o santo dia.
Hoje em dia é Fashion ser Gay…
Será que daqui a uns anos é obrigatório?

Mas adiante…
O que quererá dizer Ser Gay?
É apenas abafar a palhinha, ou tem algo mais agregado?
É que levar na anilha, não faz a voz subir de frequência (muitas mulheres antes de o fazerem, já atingiam tons deveras irritantes); não parte os pulsos nem causa desgaste a nível das ancas, não causa cegueira ou daltonismo (rosa choque devia continuar a ser uma côr proibida), nem dá pós-graduação em Decor de Interiores.
Assim sendo, como é que a maioria da bicheza que se alia ao movimento Gay tem todos estes apêndices?
Mais ainda, a famosa frase “ sair do armário “, foi muito mal entendida.
Era para sair do armário dentro de casa e não para o meio das ruas, em tronco nú, a encavar todo o macho que se preze.
-Ei! Eu não faço isso com as vossas mulheres lá por ser heterossexual, pois não?
Orgulho Straight!
Será que existe sequer?
Havia de ser bonito… meia dúzia de Zé’s Bigodes saírem à rua com o São Bernardo de fora, a exibirem o seu orgulho em nunca terem enfiado um dente de alho sequer pelo cólon acima.
Voltamos então à questão… o que quererá dizer o vizinho do lado quando afirma que é Gay?
Ele até era casado com uma tal de Bobo-ne…(ok,ok, até eu preferia pegar de empurrão)…
Será que se fartou de comer Peru e virou-se para o chouriço aos empurrões?
Será que ele não pronuncia os R’s e queria dizer Rei?
Será que é apenas uma forma de aumentar em 50% as hipóteses de dormir acompanhado nesse fim de semana?
Será que é uma forma de poder ser “ folgado “ e dizer o que bem entende, só porque pertence a uma minoria?
Ou será que o camafeu é mais esperto que eu e usa essa camuflagem para descobrir de perto o porquê das gajas irem sempre em pares ao WC?
Uhnnn… cheira-me a esturro….
A sério, estou completamente a navegar na maionese… não consigo decifrar o que esta expressão quererá dizer…” Ser Gay “
Será que é uma forma tuga de chamar algum individuo de leste (Sergei)?

Se alguém poder dar uma ajudinha, agradece-se…o Tico está a bulir com os Gnomos e o Teco acho que virou Gay….


Post Scriptum: Por mais voltas que dêem, salmão continua a ser peixe e nunca será uma côr.

terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Loucos Anos...

A pedido de muitas famílias….lá vão mais umas calinadas…
Setentas… os seventys como diz a minha velhota… loucura total.
Eu, como resultado de uma “ Bad Trip “ desses mesmos anos, revejo-me na afamada época hippie, louca, de muita desbunda, libertina época.
Conseguem imaginar em pleno século XXI, a loucura a voltar?
O Socas a falar a todos os tugas, de cinto na cabeça, a fumar um pombo e a queimar o soutien da……………….. do Partido Charros e Pó.
Irmos todos para o trabalho numa “ Pão de forma “ verde e lilás… dizermos ao nosso boss que ele é um bacano, apenas não fuma o suficiente.
Podermos malhar em todas as colegas de trabalho e ainda ficarmos com uma imagem muito cool… muito à frente.
Mandar fod#r metade dos clientes, só porque sim, porque é fixe!
Qual Fritz the Cat, só nos passava sexo e drogas pela mona, e éramos os maiores por isso… completamente o oposto do que se passa hoje em dia.
Seria fixe sermos excêntricos (sem ganhar o Euromilhões), sermos os mais malucos da Venda da Gaita e Alfornelos…as garinas não nos largavam as braguilhas… que porreiro pá!!
Gajos feios como eu sempre podiam ter sexo com pessoas… do sexo feminino ainda por cima! Altamente!
E o José Cid?
Essa grande encarnação de Camões?
Podia voltar a ter a vistinha direita, a olhar para a “ secretária bem boa “ e a pedir “ favas com chouriço “ para o jantar…ahhh bons e velhos tempos…
Lembro-me perfeitamente destes dialectos de ternura enquanto alegremente jogava ping-pong com uns amigos (falecidos então) nos testículos do meu velho!
Nada melhor do que perder os poucos neurónios que tenho a ouvir Jimi Hendrix e a marrar com a cabeça na parede só porque dá moca.
Ainda tentei implementar essa “ onda “ no meu local de emprego (sim, porque de trabalho já me chega pentear-me todos os dias), mas os meus colegas não acharam muita piada ao ver-me correr nú com um malmequer na mão em direcção às suas esposas.

Ahhhhh… o submarino amarelo…

Feliz Natal o Pénis!!!

Que comichão que me faz quando os marmelos que andam o ano inteiro a ver se me comem o orificio abaixo do cóxis, me desejam Feliz Natal!!
Pó Pénis com eles todos!
Cambada de mentecaptos que nada mais sabem fazer do que usar clichés.
Quer dizer, durante os restantes 11 meses do ano, tentam comer a mesma miúda que eu, ficar com o meu lugar na empresa, beber mais mines… basicamente saltar-me à espinha dorsal… mas chega-se ao Natal, e vêm com um sorriso mais amarelo que gema a desejar-me um Feliz Natal!
E se fossem todos montar-se na parte de baixo de um cavalo?
A sério, isso sim, seria um Feliz Natal!
Para mim, pelo menos, seria uma excelente prenda….
Vê-los derreados com almofadinhas Póku.
Que porra é esta?
Chegamos a esta época absurda e de repente toda a gente é boa?
Todos se lembram dos pobres, dos enfermos, dos “ coitadinhos “, das Fundações do Gil….
E o resto do ano?
Vivem na merd@?
Não, claro que não… mas o resto do ano, a meretriz que os deu à luz que os ature, que nós só temos essa obrigação no Natal.
Campanhas de angariação de bens alimentares…
What da fuck?
E nos restantes dias.. que come o pessoal?
Sopa de Ponta de Corno com patê de Népia, acompanhado de saladinha de Néribi?
E os pinheirinhos… fonix…. Os pinheirinhos…
Ando eu o ano inteiro a ver se não ateio nenhum fogo florestal, a plantar mais umas poucas de árvores para ver se o pessoal se junta à massa associativa do Sporting, para chegar ao Natal e cortarem tudo o que cheire a pinho.
Mais ainda…A guerra do Peru e Bacalhau…
A correria às grandes superfícies, em busca dos melhores produtos lá do sítio… já cheguei a ver autênticas guerras campais à pala do Bacalhau Graúdo da Noruega a 9,99€ o quilo.
Depois de muito sangue jorrado, pessoal mutilado e o bacalhau mais seco que as minhas piadas, ainda têm o descaramento de desejar um Feliz Natal!!
A sério, arranquem os cú-elhos com cera quente… a estupidez é a mesma.
Portanto aqui ficam os meus votos para calentopídios que me atasanam a moleirinha o ano inteiro:
Que fiquem com um pezinho preso na linha do comboio.
Que Deus vos guie contra um poste…mas na boa.
Que a vossa mulher vos encorne com metade da claque do Leixões, o regimento de Sapadores Bombeiros de Belmonte e os Funcionários da Casa do Gaiato.
Que o vosso namorado abixane e se junte a um culto de necrofilia.
Que se enganem nas gomas e mamem um frasco inteiro de pílulas laxantes.

Não me levem a mal os meus votos, mas se não gostam de mim o ano inteiro, prefiro que assim continuem durante esta época de Amor e Paz.

Pás! para vós (pela cornadura abaixo).

1º Post Scriptum: Explicaram-me agora porque é que o pessoal no Natal se porta bem.. é para terem um lugarzinho no Céu....
Conselho: Caguem nisso... os bons vão para o Céu, os maus vão para onde quiserem.

2º Post Scriptum: Se encontrarem o meu canário, mandem-no de volta para casa. É pretinho e relinxa.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Basofe! Um Emprego com futuro!

Não sei o que faça à minha vida…
Eles andem em todo o lado….
É nas carroças do Toninho, é nas carroças mais assim assim, é nas discos, é nos bares, no Cristo-Rei…
Piores ainda que os Ké-Frôs ou ceitas maquiavélicas que nos batem à porta no Domingo de manhã…
Pior do que uma biqueirada mesmo no meio dos entre-folhos, ou uma valente encavadela pelos glúteos acima…
Os Basofes!!!
É vê-los, com o “cap” da Nique (vulgo boné dos ciganos, rasca imitação da Nike), a mariconere ao pescoço, as pulseiras de pexisbeque, os cachuchames povoando todos os dedos das mãos, as argolitas com a cruz do Anti-Cristo e mais algum herói da saga Dragon-Ball…ah, com imenso frio na perna direita, pois parece ser a única que tem a meia por cima das calças… deve ser para pedalar na pasteleira do Tio afastado.

Que fazer a estes autênticos Batatinhas e Companhia?
Oferecer-lhes um par de sapatos de cimento e afundá-los no Tejo?

Se calhar é melhor não… ainda se tornava no novo Quadrado das Bermudas.

Em vez de andarem a roubar o lugar à maioria da classe trabalhadora do circo Chen, deviam fazer algo mais útil (uhn?!?).
Além do prazer que me daria em esbofeteá-los atrozmente até retirar todas as aplicações dentárias que possam ter no osso maxilar, ainda vem a música…
A música meus amigos!!
Oh mundo mau e cruel… a música.
Temos kizomba, kuduru, kilegal, kibobó de camarão… uma panóplia alucinate e variada de vários ritmos e géneros musicais que são….. basicamente… o mesmo!
Não é que os meus gostos sejam melhores, pois muito pelo contrário, mas não me imagino a ouvir em alta-voz no meu telemóvel, enquanto passeio alegremente pelas belas ruas e vielas da Buraca, o maravilhástico Marylin Manson.
Só faltava mesmo, ao invés do Pit-Bull (que todos os basofes teimam em adquirir), passear uma Anaconda, pois deveria ser o bichinho mais apropriado para o género musical (o animal deverá servir como compensação de alguma atrofia física).
Mas ainda pior que o vírus que todos os Basofes parecem ter contraído, ainda têm o mesmo defeito com os carros.
Seja um Sexo Cop 16 Vulvas, seja um Leão Gti, têm de arrojar pelo chão, ter os vidros estalados e breus como a noite e estar iluminados qual árvore de Natal que se preze.
Já nem falemos nas cores….
Esperemos que a Benetton nunca saiba que estas viaturas movidas a conguitos existem

.Um apelo às Câmaras Municipais de todo o país:

Falem com os Basofes… ofereçam-lhes cds do Nel Monteiro e Kizomba Mix 2007 em troca da aplicação de escovas por baixo das ditas viaturas.

Vejam os prós:
- Acabam-se os homens do lixo
- Já que os carros arrojam pelo alcatrão, podem sempre ir limpando a merd@ dos outros (melhor aplicação possível para este género)
- Acabam-se os homens do lixo
- As corridas de rua passam a ser feitas a 10kmh, pois o objectivo é mesmo ver quem limpa melhor, e não quem tem mais Nitros na viatura……
...e por fim, ainda se acabam com os homens do lixo.
Não é altamente?
Em vez de marginalizar o pessoal, aplicavam-se onde faziam falta…

Mas isto sou eu a divagar… o futuro está na gestão de recursos.

Post Scriptum:
Também já me inseri nestas "tribos", mas graças à fixação dos miélios adjacente à evolução etária e ao embate frontal com a carreira 114 da Carris, mudei de ideias... vá-se lá perceber estas coisas!

Humor! Não tem piada mas é verdade!

Nem sei muito bem como começar esta divagação pelas catacumbas mentais… até já tenho medo de alguma associação feminista vir para aqui defender os direitos ao cultivo de florestas amazónicas nos sovacos femininos... (não tem nada a haver, mas lembrei-me apenas…já sei que vai dar bronca).

Hoje em dia que o humor está mais libertino e cada vez com menos restrições Salazaristas e afins, de quase tudo se pode falar…
Nãããã...estava mesmo a mangar convosco.
Cada vez é mais ao contrário.
Se fôr no Gato Fedorento, até calha bem gozarmos com meia dúzia de políticos… já que nos fornicam a vida, podemos gozar com eles… pode ser que assim haja uma nova revolução…directamente dos sofás das nossas salas para a AR.
Qui Sá… se eu mandar à merd@ um punhado deles, pode ser que comecem a tombar que nem tordos e assim terei de volta o maquiavélico IRS que tanto me custa a pagar.
E os Emplastros que por aí andam?
Têm um piadão não têm?
A fornicação é se os emplastros somos nós…
A nossa vizinha do 5º E tem mesmo cara de otária, não tem?
Ainda por cima tem a mania de pendurar o marido na porta do quarto (como ouviu dizer que um corno atrás da porta dá sorte).
O coito (para não dizer a fod@) é que a vizinha pensa que nós somos filhos de um qualquer camelo que nos pontapeou a massa cefálica à nascença, daí o nosso ar Mad Maximiano!
Pois é, expliquem-me (pois o Tico foi para a Gronelândia e o Teco está a partir pedra no IPO do Linhó), porque é que se o nosso vizinho malhar com o focinho no chão, achamos um piadão….mas se fôr connosco, até ficamos ofendidos com quem esboçar um leve sorriso?
A piada não é a mesma?
Aquelas quedas dignas de um épico dos Mounty Python….é cuecas à mostra, o cabelo desgrenhado devido à poça de lama mesmo em frente da cremalheira do pobre animal, os pés para as Docas…surreal sem dúvida!
É uma queda…. dependendo das consequências, terá o ar de sua graça…(e olhem que existem quedas que não lembram nem ao Diabo).
Cada vez mais levamos tudo o que lemos, vemos e ouvimos como um ataque pessoal, qual Bin Laden com aviões direitinhos à nossa barraca.
E depois, em vez de nos rirmos, tornamo-nos ofensivos (mais defensivos do que outra coisa).

“ Estás a rir da minha embaraçosa queda? Havia de acontecer contigo seu anormal! Podia se me ter partido a pila!”…é a 1ª coisinha que nos vem à mente, e na maioria das vezes à boca..

Pois é, mas está tudo no sítio, são só arranhões…sendo a maioria no orgulho, e até fizemos figura de urso, portanto mais vale rirmo-nos da situação.
Pior ainda que isto meus caros: TABU!!
Tudo o que é gozo de assuntos Tabu dá direito a sermos pregados na cruz, um calorzinho nos pés e fisgadas nos túbaros… só para não termos a mania que somos espertos.
Nada de falar em meninas de seios inexistentes (vulgas filhas de pai), camafeus e escaravelhos, meninos de pilinha microscópica (principalmente se fôr o namorado de alguma amiga), botões de rosa, abafamentos da palhinha por membros de sexualidade duvidosa (porque ninguém duvida que são larilas), flatulências conjugais e acima de tudo intimidades!
Ou seja, andar uma cambada de chulos da sociedade a encavar-nos com vidrinhos e impostos pelas nalgas acima, tem um piadão… mas se por ventura um animal se lembra de gozar com a figura ridícula que tínhamos no 5º ano, já temos o caldo entornado!
Tudo menos NÓS!
Tudo tem piada, desde que não seja eu o tema de conversa…
Meus caros e baratos leitores, animem-se!
Saiam à rua com uns valentes sapatos nº 63 da SeaSide… um nariz vermelho e o sobretudo do André The Giant.
Riam-se de vós próprios…sejam palhaços, já que tantas vezes nos chamam de tal.
Já que temos fama, ao menos venha o proveito…
Além de alegrarem o dia de alguém, alegram também o vosso… quem sabe, pode ser que o malfadado e polémico Orgasmo vos bata à porta de tanto se rirem!

PS: Alugo narizes...

Orgasmo! (A Polémica)

Esta cena complexa (que não passa mesmo de uma cena), que tanto intriga os homens, e atazana o juízo às mulheres.

Antes de começar com a parvoíce habitual, quero deixar algo bem claro.

As mulheres que fingem o orgasmo (e sim meus amigos, as vossas respectivas também o fazem), fazem-no porque julgam que os homens se importam.
Who gives a fuck?

E agora sim, vêm as parvoíces do costume:
Vamos ser sinceros, fora o lado espiritual da coisa, não passa de uma reacção física à estimulação corporal, nomeadamente daquela coisa que temos no meio das pernas (não, não são os joelhos).
Os homens, infelizmente, nada podem fazer em relação a isso….
Chegado o momento, não há nada a fazer… é botar cá para fora tudo o que nos vai no fundo (literalmente) da alma.
As mulheres, esse bicho complexo, já agrega mil e uma coisas ao orgasmo.
Ou porque é o amor, ou porque dói a cabeça, ou porque não era bem assim…
Bom, qualquer argumento é válido para não o atingirem.
E o que tenho eu a haver com isso?Nada, rigorosamente nada.
Tenho todo o gosto em partilhar o prazer que estou a sentir, com a moça que me está a fazer companhia, mas pouco mais posso fazer por mais dotado e criativo que seja.
Não tenho culpa da complexidade de um qualquer berbigão com defeito de fabrico, onde é preciso um mano aplicar-se durante horas a fio, quando o meu corpinho já entregou a alminha ao criador logo nos primeiros três minutos do combate.
Senhoras, a culpa não é minha… refilem com a fábrica.
Solução, antes de levarem com o porco inteiro, só por causa do chouriço, adquiram um massajador facial, que em troca de duas simples pilhas alcalinas, trabalhará incessantemente. Nós os homens (por mim falo), somos animais de simples hábitos.
Alimentem-nos com fardos de palha, um bebedouro, e 3 minutinhos do vosso tempo.Não vos custa nada e a nós sabe muito bem.

Mesmo assim, um problema mantém-se… como desmistificar o tabu do orgasmo?

Caros companheiros, aprendam com cabeça ruim….
Conversem com as vossas respectivas e tentem convencê-las que entraram numa onda muito mais Zen.
O orgasmo para vocês não passa de uma regurgitação do corpo, e que nenhum interesse tem para vós.
O vosso interesse é mesmo na partilha do momento, por mais curto que seja, pois para vós, o tempo não tem significado.
Digam que atingiram o Nirvana, e que depois do acto propriamente dito, não vão dormir, mas sim comunicar com o Criador.
Os sons emitidos pelas obstruções nasais durante esta comunicação, nada mais são do que parte do dialecto usado pelos vossos antepassados.. género hebraico.
Depois de muito bem trabalhado este esquema (convém imitar alguns rituais budistas, mas façam-se à vida), a vossa mais-que-tudo vai olhar para vocês como um anjo caído (alguns caídos mesmo de frente)… Um verdadeiro Adónis!

Vão por mim, que eu não percebo puto disto!

Post Scriptum (Vulgo PS):Bom, para esclarecer as mentes mais pequeninas que parecem estar em grande força, eu passo a explicar:
Existe uma palavra... muito rara por estas bandas, que é "HUMOR".
Sei que o mais complicado é rir-mo-nos de nós próprios, mas é essa a verdadeira essência do mesmo.
O humor consiste em diversas vertentes, mas a mais evidente é mesmo o Exagero.
Este tipo de humor consiste em exagerar situações comuns, diárias, caricatas e até por vezes sensíveis.
O tema supra-mencionado (embora eu não entenda muito bem porquê) parece ferir susceptibilidades...
O único conselho que posso dar é o seguinte:
Para as pessoas que acham isto uma barbárie, não leiam... a sério, é uma perda do vosso tempo.
Para os que acharem que está errado tudo o que escrevi, riam-se, pois afinal existe gente mais estúpida que vocês pensavam.
Para os acompanhantes e leitores assíduos do meu blog, já sabem, não há um dia que eu passe sem dizer merda...

segunda-feira, 10 de dezembro de 2007

Site à maneira!

Embora o meu humor hoje não estejas na melhor forma, decidi pôr um fim na “amargura” que foi o meu fim de semana e começar a visitar a net à procura de casos insólitos.
Para meu espanto, ou não, encontrei um site, no mínimo útil a todos os bons e maus rapazes, que por motivos alheios à sua vontade, têm de pagar o serviço do Amor.
www.gpguia.net....
Valente site, vos digo.
Para os mais curiosos passo a descrever o mesmo:
Vamos dar uma voltinha com o nosso novo Amor, e depois de um tempinho (bem ou mal passado), fazemos o report neste mesmo site.
Dizemos o custo, o que faz, o que faz melhor, o que faz pior, se veste Armani de cara e corpo… etc…
Até aqui, tudo muito giro, mas vejamos por outro prisma: Imaginem que a moça em questão, até é a vossa namorada… um marmanjão qualquer, vai ter com ela, paga o que tem a pagar e depois comenta cenas do género “fonix, ganda banhada…. Parecia um martelo pneumático, mas depois da cena, botou um lenço à boca e mamou uma garrafa inteira de Trinaranjus”.
Bom, é que ter uma gigantesca e espinhosa parelha de cornos ainda é o menos, agora dizerem que a miúda é má de boca…Isso é que não!
Se alguém pode pôr defeitos, sou eu!
Mas que merda é esta?
Comes e ainda refilas?
Espeto-te já dois bilhetes que ficas a ver a Lotaria a andar à roda!
Cambada de ingratos!

É tão agradável termos este tipo de serviços, pois tal como eu consulto na Internet os defeitos e feitios de um produto antes de o adquirir, agora vou poder também consultar os feitos ninfómanos de toda e qualquer garota que se preze.
Assim não corro o risco de ficar desiludido com o equipamento alugado.
Está tudo tão mais facilitado.
Só acho mal uma coisa…
Acho que agregado a este bendito serviço devia estar uma secção de leilões.
Além de poder fazer um test-drive (que é mesmo o nome usado no site) à dita e afamada senhora Patrícia de Proença-a-Nova, deveria poder colocar à venda o equipamento ao qual já não daria uso.
Se tivesse lá por casa uma namorada que refilasse por duas razões (tudo e nada), ou uma sogra que tivesse como missão diária enviar o meu Tico e Teco de férias para a Lapónia; podia sempre colocá-las em leilão… tipo auto compra e venda, não sei se me faço entender…
Trocaria uma namorada de 40 anos, por duas de 20…
ou uma sogra por um Pit-Bull e o novo eXplod da Sony…
qualquer coisa deste género.
Para as senhoras haveria também este tipo de serviços, mas apenas poderiam efectuar a troca mediante apresentação de recibo original de compra, ou contrato de promessa de compra e venda.
Onde é que iríamos ganhar?
Simples; deixávamos de encher o cú ao Estado à pala das receitas geradas pelos constantes divórcios e venda de imóveis que ainda nem foram comprados.
Assim, sem os chulos meterem a unha, viamo-nos livres dos esqueletos do armário, e arranjava-mos esqueletos novos….
Na dúvida, poderíamos sempre pedir a peça antiga de volta!

Mais uma brilhante ideia desta cabecinha cheia……..de ar!

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Deus Ama Você!

Frase linda esta…..
Mas que raio??
Ama Deus e mais um porradão de pessoal!
E ninguém me vê com autocolantes pelo carro fora a dizer: Ana Ama Você ou Capitolina Ama Você ou Sporting é o Maior, e afins!
Que quererão os imbecis que decidiram criar esta “publicidade” dizer com “Deus Ama Você?
Será que é só a mim?
E o meu vizinho?
Lá por ele roncar que nem uma traineira, não quer dizer que Deus não o ame também… se até a mulher o atura…
Para vosso deleite, como tenho muito tempo em mãos e felizmente não faço ponta de corno, fui averiguar esta brilhante frase…
Então não é que existe um site?
Verdadinha meus amigos… Deusamavoce.com … Não é ridículo?
Que caganeira cerebral que me deu agorinha mesmo…
Além das igrejas em antigos cinemas, convenções ao ar livre, promoções e descontos na aquisição de crucifixos e quadros da Imaculada, agora temos-los na Web!
Estou a imaginar…
Deus, nos seus afazeres caseiros, e de repentemente…plim, YOU’VE GOT MAIL!
Mais um crente, que ao invés de rezar (que dá imenso trabalho e temos de decorar a lenga-lenga toda), enviou um email a Deus a pedir aquele apartamento de luxo na Pixeleira.
Ainda por cima, no fim, assinou com um Nick (El-Believer), não vá o email ser interceptado pelo maior hacker de todos os tempos, o Diabo, e receber uns sapatos de cimento no fundo do rio Tua.
No fim, ainda se deu ao trabalho de fazer publicidade aos Smart-icons do MSN, não vá Deus gostar de reenviar aquelas cadeias maradas que caso não as enviemos para 30 mil amigos, iremos ter bicos de papagaio para o resto da vida…
E no caso Do que sempre existiu e sempre existirá, pode tornar-se um caso “bicudo”.
O que aconteceu às boas e velhinhas igrejas, com as beatas lá à frente, que na realidade vão para a missa dar uma de Miss Cruela; com os sinos a badalar incessantemente (parece que está algo a arder) e os putos de coro a arrocharem em cima das velas devido à moca que apanharam nas festas de Moimenta da Beira da noite anterior?
Agora parece tudo mais facilitado.
Queres um carro? Vai à net!
Queres uma namorada ou duas, nova? Vai à net!
Queres falar com o Senhor? Vai à net!
Confessionário meus amigos… como funcionará o confessionário?
É que com um email a confessar que forniquei metade da aldeia e ¼ do lar de idosos, já sem contar com a loja de animais, vai ser rastreado pelo Homem lá de cima…
Ainda se me entra a ASAE pela casa adentro a selar o acesso à minha braguilha, por ser prejudicial à saúde pública.
Mais ainda, e se o Senhor tiver problemas de acesso à net?
Quem vai lá acima arranjar?
Os gajos da Virgin??
Mais religiosos do que eles, só mesmo o Papa, mas pelo andamento da carruagem creio que deverá estar ocupado a criar o seu novo MySpace.
Concordo que as tecnologias sirvam para nos facilitar a vida, mas à vontade, não deverá significar o mesmo que à vontadinha…enfim.


PS: Isto pode parecer conversa de um herege, mas ao contrário dos meninos bons que vão para o Céu, os maus vão para onde quiserem!

Publicidade enganosa!

Recentemente, iludido por alguns anúncios televisivos, decidi adquirir serviços de Internet a uma prestigiada companhia portuguesa.
No referido anúncio, a instalação deste mesmo serviço era efectuado por 3 (sim, três) belas Ninfas, de seu nome Cláudinha, Ritinha e Mafaldinha, respectivamente.
Qual não foi o meu espanto, quando se me chega a casa um Zé Carlos, de pêlos na cara, farta cabeleira (farta de estar na cabeça, pois não existia), barriga do tamanho da Praça de Londres e com um gigantesco mealheiro ao fundo das costas.
Este dito trongolodita, entrou-se-me pela casa adentro, como se de uma bomba fugisse e desatou a cortar e fixar cabos pelas paredes a fora.
A minha alma ficou estúpida, bem para além do que é normal!
Mais ainda, achei que aquela racha extremamente visível no topo traseiro da cintura das calças. devia ter algum uso, portanto venha a nós um cinzeiro!
Então eu mandei vir 3 Barbies, e levo com o Shreck?
Fonix, devem ter-se enganado no armazém….ou estão com ruptura de stock.
Bom, passando-se este triste episódio, crédulo da boa vontade e honestidade dos anunciantes, decidi arriscar noutra companhia do grupo… desta vez representada por um Batráquio.
Lá toca a campainha com a música “La Cucaracha”, e quem me vem à porta??
O camafeu do Zé Carlos!
Fodasse, tou-me a passar!!
Então na tv, vem uma moça Checo-eslovaca (Checa de pai, Vaca de mãe e o eslo é só para confundir) a pedir para mandar um email, com uns biquinhos de peito que parecem dois mísseis Scud (um gajo até mete as mãos ao alto, não vá ser um assalto), e aparece-me o ZÉ CARLOS?!?!?!?
Andamento, xô daqui para fora bicho mau!!
Fiquei de rastos… pensei em pôr fim à minha vida, mas não quis privar os meus leitores das minha barbáries diárias.
Tentei uma última vez!
Toca de ligar para a companhia do Gás.
- É desta – penso eu para com os meus botões - vou filar a menina na bilha…perdão, da bilha do gás com uma pinta…vai dar três voltas nas cuecas sem tocar nos elásticos (gaba-te cesta)!
Mais uma vez, o toque infernal da campainha, mas como ansiava uma excelente companhia, até suportei.
Abro a porta, já besuntado com banha de porco, e quem me aparece?
O besouro do ZÉ CARLOS!!
Porra, este gajo está em todo o lado??
Só conheço dois personagens omni-presentes….Deus e os Ké-Frôs, e este mamute não parece ser nenhum deles!
Desisti… caguei na Ritinha, Cláudinha e Mafaldinha, na Sapa, na Galpeza…a minha vida está um caos…
Só me falta agora ir comprar café, e aparecer-me o Jorge Clooney à porta!

What else?

Telecambalhota!

Em mais uma noite de pura e simples estupidez, eu mais uns amigos inventamos conversa acerca da escalante epidemia dos Call-Centers.
Eles são de Inbound, Outbond, TransversalBound... é com cada um que parecem dois.
A nossa vida hoje em dia, gere-se basicamente por Call-Centers... queremos uma pizza? Call-Center....queremos arranjar o carro? Call-Center... queremos saber do estado do tempo para amanhã?... Secção de Horóscopo.... queremos uma gaja para nos entreter?.... népia... num há sítio minimamente dúbio (dúbio, porque ninguém duvida acerca do tipo de massagens oferecidas) que possamos contactar a solicitar uma bichinha para nos aquecer os calcantes.
Como tal, decidimos inventar um novo serviço: Telecambalhota!
O Telecambalhota, seria basicamente um serviço de Call-Center, onde o cliente poderia efectuar a encomenda de serviços do Amor.
Haveria para todos os gostos, feitios, tamanhos, crenças religiosas e até gostos futebolísticos.
Vou-vos dar um exemplo:

Um individuo, que está em casa a ver o "Querido mudei a casa", morre de estupidez, quando vê o anúncio da "TeleCambalhota, Caibradas à sua medida!"
-Eh lá- pensa o ressaibado- vou já ligar a solicitar um par de peúgos.
E assim faz...
- TeleCambalhota, boa noite. Está a falar com a Micaela, em que posso ser útil?
- Ora, boas noites, Xôra Dona Mica... queria uma mula se faz favor...
- Concerteza! Já teve acesso às nossa promoções de hoje?
- Eh pá, por acasos, inté nã tive... qual o prato especial?
- Hoje temos uma Ucrâniana depilada, bidente (só tem dois dentes=bidente), com a oferta de um Eunuco.
- Para que raio quero eu um Eunuco?
-Este servirá para ir ventilando os seus túbaros, enquanto a Ucrâniana faz o serviço.
- É mesmo isso, mande vir 3 se faz favor...
- Concerteza! Vai pagar com uma nota, ou necessita de troco?
- Nã, eu vou pagar em perus, mas pode mandar o troco na mesma!

E pronto, assim se esboçava mais um sorriso na cara de quem gastava rios de dinheiro em bisnagas de Halibut, enquanto violava uma inocente meloa aquecida (técnica ancestral para espancar o macaco, que mais tarde explicarei com detalhe).

Na TeleCambalhota haveria de tudo!
Menu Familiar, onde pela aquisição de uma valente Brasileira, levariamos também com os putos cheios de merda até aos joelhos, a avó que não os trinca mas ainda os chupa, o papagaio que poderia fazer de claque (Dá-lhe! Dá-lhe! Dá-lhe!) e o cão que sempre mordia os putos para não nos fornicarem o juízo!
Menu Barbecue, onde para além da bela moçoila, viria ainda uma esteticista, que aquando da prática do coito, se encarregaria de nos depilar os tão incómodos Cu-elhos (vulgos pintelhos do cú).
Menu da Quinta, onde além da asquerosa matarroana, teríamos direito a uma sachola, 3 quilos de sementes de batata rouxa e uma camada de chatos.

Se esta ideia fôr avante, além de levar à falência casas de grande gabarito como Black-Tie e Gallery, imaginem bem a quantidade de camafeus que finalmente vai poder perder os três com uma pessoa (sim, porque malhar nas galinhas não conta).

Ainda me vou candidatar à Presidência da República… a ver se este país não andava… para o lado!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Suicidal Machine

A pedido de várias famílias, aqui relato um evento que foi a discussão em asta pública.
Cada vez que olho para o jornal, são só notícias do género:

-Criminoso limpa o sebo a não sei quantos e a seguir espeta um balázio na pinha...
-Homem de 49 anos tenta suicidar-se com palhinhas de Frisumo...
-Mulher de 50 anos tenta voltar a colocar os filhos no útero e morre de estupidez...
-A canela nos pasteis de nata (vulgos Pasteis de Belém) são a maior causa para a obesidade em Portugal...

Com tanta bardoada junta, decidi inventar uma nova engenhoca que brevemente vai estar disponível em todos postos gasolineiros, através da troca dos pontos do cartão Fast.
A título inicial irá estar nas casas de banho dos mais conceituados restaurantes da grande Lisboa, junto à maquineta das camisas de vénus e das escovinhas de dentes.

Máquina de suicídios! Engenhoso einh?

Pois é meus caros leitores (mãe e sobrinho); com esta máquina vai ser possível chegarmos a qualquer espelunca, inserir uma simples moeda de €1 (para despesas administrativas), e temos um vasto menu de suicídos à escolha, dos quais passo a citar alguns:

-Tiro no pé direito (não mata, mas aguça o gostinho pela coisa)
- Esventramento com um corta unhas (moroso, mas eficaz)
- Balázio no olho (opção ainda disponível no olho direito, para evitar possíveis bichices)
- Enforcamento com um colar da Fátima Lopes (morto, mas em estilo)
- Afogamento em dívidas (condições especiais para clientes das Crédis....)
- Queimaduras de 765º grau (depois de anos e anos de consumo regular de haxixe, claro)
- Marrada no topo da pinha (versão gratuita, para quem usar a máquina como arremeço)
- Bomba (exibição da foto da Marisa Cruz como veio ao mundo)
- Parelha de cornos (logo de seguida, mandam-se da ponte e esquecem-se que não têm uma parelha de asas)

Com esta nova invenção, acabam-se as misérias que aparecem diáriamente no jornal, acerca de tentativas falhadas de mudança de moradia para a Quinta das Tabuletas.

Creio que com esta invenção, S.Pedro vai oferecer-me uma pequena participação no capital social lá do grande Além.

Perguntas estúpidas de c@r@lho!

Li estas frases por aí algures, mas achei tão hilariantes que não podia deixar de as colocar aqui, com algumas modificações à je :

1 - Quando te vêem deitado, de olhos fechados, na tua cama, com a luz apagada e perguntam:
- Estás a dormir?
- Não, estou a treinar para quando morrer!

2 - Quando levas um aparelho para a manutenção e o técnico pergunta:
- Tá avariado?
- Não! É que ele estava cansado de ficar em casa e eu trouxe-o para apanhar ar.

3 - Quando está a chover e percebem que vais enfrentar o dilúvio, perguntam:
- Vais sair nesta chuva?
- Não, vou sair na próxima.

4 - Quando acabas de acordar, e vem um atrasadinho mental (sempre) e pergunta:
- Acordaste?
- Não. Sou sonâmbulo!

5 - Quando te ligam para casa e perguntam:
- Onde estás?
- No Pólo Norte! Um furacão trouxe a minha casa pra cá!

6 -Acabas de tomar banho e alguém pergunta:
- Tomaste banho?
- Não, acabei mesmo agora de megulhar na sanita!

7 - Estás em frente ao elevador da garagem do teu prédio e chega um nhoquinhas que te pergunta:
- Vai subir?
- Não, não, estou só á espera que o meu apartamento desça para eu entrar!

8 - Chegamos a casa da namorada (nossa ou doutro) com um enorme ramo de flores. Até que ela diz:
- São flores?
- Não! São cenouras (ou milho, relva, ou PALHA MESMO)!

9 - Estás na cagadeira quando alguém bate na porta e pergunta:
- Tá gente?
- Não! Foi a merda que fechou a porta!

10 - Chegas ao banco com um cheque e pedes para levantar:
- Em dinheiro??
-Não, dê-me tudo em clips!

11 - Chegas a uma estação de serviço e paras em frente de uma bomba só de gasolina e o funcionário pergunta:
- Gasolina?
- Não caro amigo, encha com tinta de caneta!

12 - Chegas ao trabalho de manhãzinha:
- Vieste de casa para aqui?
- Não, vim da con@ da minha mãe!

13 - Chegas ao pé de um amigo teu e ele pergunta:
- Então, por cá?
- Não, eu estou no Burquinafaso. Isto é apenas um holograma!

Deus é pai de cada c@r@lho!

Algo se levanta....

Não sei se é puro instinto animal, ou se apenas a contemplação de beleza; mas sempre que me sinto mais "down", opto sempre por ver um recente vídeo... Calabria 2007...
Não consigo explicar se é o som (que realmente é bastante apelativo) ou se é o vídeo....
Algo se "levanta" em mim ao ver o vídeo... não sei explicar... corro o risco de parecer machista, mas a beleza feminina é imensa, e neste vídeo acaba por ser deveras explícita!

Portanto, dois conselhos a todos os homens que por aí andam:

1º: Se a vossa mais que tudo vos trair, não se mandem da ponte...ela pôs-vos uma parelha de cornos, e não uma parelha de asas.

2º: Vejam o vídeo... vão ganhar nova fé no sexo oposto... e que fé!

Bárbaro no mínimo....

Ora para quem não lê o meu blog, aqui vai mais uma pérola da minha estupidez:
Hoje, para queimar algum tempo, diverti-me a ver as diversas características de um fórum.. de repente algo me chama à atenção... MEMBROS ANIVERSARIANTES!
Bom, como otário que sou, meti-me a cuscar quem por cá somava mais um Inverno, e tal não foi o meu espanto quando reparei que mais de metade do pessoal aniversariante estava On-Line.......
Ok,ok, eu sei, sou mesmo uma besta.. não tenho nada a haver com o assunto, mas ca raio faz um gajo, no dia em que celebra o seu nascimento, na NET???
Não sei; mas pergunto eu na minha inocente ignorância, num há amiguitos?
Num há família?
Num há gajas para conviver a troco de uma pequena quantia monetária??
A grade de mines está vazia??
Não sou ninguém para julgar, mas iluminem-me!
Um motivo válido para estar num fórum no aniversário... ahh já me lembrei.. eu estou no fórum no meu aniversário porque... eh pá porque sim.
Porque tenho amigos virtuais, e beijos virtuais, e prendas virtuais e..e..e tipo cenas virtuais bué ya, tás a ver?
Ir lá para fora, ver o mundo, receber beijos e olás de estranhos..livra!!
Ainda apanho alguma doença.... ouvi dizer que um beijo pode transmitir a SIDA... não vou arriscar... na net é mais seguro!
Tenho a cara cheia de espinhas, mas na Net sou conhecido como o Brad das Pitas... ui.. sou um Rei.....
Estranha esta geração que evita o contacto e o calor humano a todo o custo...parece que somos todos leprosos.... mas isso é apenas na minha cabeça, que na realidade é a de um asno.....
No próximo aniversário meu, vou ficar por aqui... se sair ainda corro o risco de me divertir e apanhar uma buba com os amigos, e engatar alguma Claudia Schieffer, e com mesmo muito azar, ainda trago a irmã dela também...
Deus me livre... não desejava isso ao meu pior inimigo!

Estupidificação!

Como não posso passar um dia sem dizer merd@, aqui vai:
Ora portanto, como começar… protuberâncias peitorais, mais conhecido como “um valente par de seios”.
Devido a uma rápida mas atenta visão (que os meus abençoados pais me facultaram à nascença, e os Srs Multi-Opticas vieram a aperfeiçoar), como qualquer símio que se preze, não posso deixar de reparar que cada vez mais estão em todo o lado, e com maior qualidade.
A questão que deambula pelo vazio que se encontra dentro do meu crâneo (viagens na maionese) é muito simples…
Ca raio de pancada é a minha que me leva a entrar em estado hipnótico, (semelhante ao efeito de muitos e apetecidos estúpido-facientes) cada vez que vejo uma valente caixa toráxica feminina?
Ca raio de desejo primitivo e animalesco, faz com que se me soltem as glândulas salivares cada vez que vejo um valente edema inflamatório na região peitoral?
Podemos estar com as tripas de alguém na mão, mas se uma bela e simpática (e extremamente inteligente) senhora cruza o nosso campo de visão, bem que o individuo pode apagar o maçarico, desde que a dita senhora acompanhe o nosso olhar raio-x!
Tudo vale em troca de um par de glândulas amamentárias.
Nunca percebi muito bem a expressão “com uma mãe destas mamava até aos 30”…mas realmente algo transcendente cativa a minha atenção.
Analisando com alguma atenção (nalguns caso é mesmo necessária muita concentração) o corpo, neste caso feminino, tem toda a sua anatomia correctamente colocada, mas entre o umbigo e os ombros, algo de "Never Ending Story" existe.
Que parte do cérebro comanda esta “estupidificação” que sofro?
Provavelmente o controlo da mesma não se encontra no cérebro, mas isso daria pano para mangas.
Seguinte experiência: atribuíram € 5.000 a 3 mulheres distintas e foram dadas às mesmas instruções para fazerem o que entenderem com a dita quantia.
Depois de cada uma delas tomar a decisão que achasse mais conveniente, a escolhida acaba sempre por ser a que tem os seios maiores…estranho não?
Não deveria eu escolher a mais inteligente?
Ou a que mais agrada os meus desejos?
Ou qualquer outra coisa?
O que me leva a escolher a menina que tem as maiores marrecas do lado errado das costas? Instinto maternal?
Algo que me remonta aos tempos de cria recém nascida e as apetecidas ditas eram a minha fonte de alimento?
Não consigo explicar….
Acho que deve ser mais um daqueles mistérios como urinar sempre fora da sanita, mesmo que use uma mira telescópica, tripé e laser…
Enfim, mais um motivo para achar que estou mesmo na base da evolução e que o sexo feminino, mais uma vez, suplantou todos os “nossos” feitos….e ainda bem!

Corpo Edifico, Aka Body Building

Peço desde já desculpa aos praticantes desta sádic…perdão, salutar actividade desportiva, mas aos malucos creio que dão um desconto.
Body-Builders: Pessoal, de ambos os sexos que sofre de hipertrofia e/ou vigorexia , com graves alergias a insectos da ordem das Hymenopteras, da superfamilia Apoidea , vulgarmente conhecidas por abelhas.
Constantemente são vistos em bandos, untando os seus inchados corpos com óleo de palma (práticas de cariz sexual duvidoso)….
Ainda não averiguei se é para uma feijoada ou não, pois aparentam cada toucinho…
Deus nos livre e guarde!
Ora portanto, temos um individuo ou o contrário, a puxar ferro como se não houvesse amanhã… são quilos e quilos de aço a serem levantados… não para serem colocados noutro lugar, mas apenas para os voltar a baixar… e o movimento repete-se durante algum tempo (chamadas séries).
Que andarão aqueles animais a fazer?
A ver se arranjam uma hérnia, ou estarão a construir um novo suporte para copos?
Realmente daria jeito ter um ou dois “corpos-edifícios” à mão… não vá furar um pneu do carro, ou o creme Nível comprado no Líder vir em boiões de 350Kgs.
Bom, deixando à parte o trabalho inútil de queimar aquela chispalhada de Domingo, lá vão eles para concursos como “Mister-Universo”.
What a fuck??
Quem é que é o calentopídio que avalia um pseudo-anúncio ao boneco da Michelin e o elege como sendo o Mister-Universo?
Mister-Universo é o meu pai, que além de ter de aturar a minha mãe (mãezinha?? Goto munto de tu… ), tinha 2 empregos, 3 filhos cheios de ranho e merd@ até aos joelhos, não podia ver a bola porque não tinha tv, tinha um patrão descendente directo do Hitler, uma sogra que lhe fornicava o juízo todo o santo dia, tinha calvice e caspa nas unhas dos pés, sem Viagra e mesmo assim, cuidou do bando todo!
Isso sim, é um Super-Hiper-Mega-Mister-Universo!
Mas não…bora lá malhar pó ginásio, ver-nos ao espelho enquanto levanto tipo...eh pá bué peso!
E a verga??
Nem falemos da verga… das duas uma, ou realmente mingua, ou o inchaço do corpo é tanto, que tudo o resto parece pequeno.
Mas até compreendo… sem os “corpos-edifício” como é que poderiam os fabricantes de esteróides anabólicos, pseudoefedrinas, anfetaminas e afins, sobreviver?
Acho que estes “corpos-edificios” contribuem para o desenvolvimento sócio-económico do país, sendo um dos motivos de chacota diária de lingrinhas como eu e ao mesmo tempo, impulsionadores do mercado de fármacos.

Mas pronto, isto sou só eu a divagar né?

Pessoas Feias!

Para não passar um dia sem que a minha mente divague pelas parvoíces que se me surgem neste espaço vazio localizado entre a ossadura do crâneo e os globos oculares, aqui escrevo mais uma crónica de treta (tenho de justificar o ordenado).
Antes de mais quero clarificar um acto que ocorreu esta manhã.

Uma senhora, cujo nome não recordo, acordou e disse-me:
“Quando acordas, porque não esfregas os olhos como nós mulheres?”
Aqui respondo minha querida:
Porque se tivesses um par de túbaros, também os esfregarias ao invés dos olhos!

Mas pronto, isto foi apenas um pequeno aparte que gostaria de deixar esclarecido.
Aparte as divagações matinais, o tema que me leva a abardinar hoje é muito simples:
Pessoas Feias!
Eu sei, eu sei, a beleza está nos olhos de quem a vê, mas se assim é, existe muito boa gente com alarmantes níveis de miopia.
Não é que eu seja lindo de morrer, mas é por esse mesmo motivo que ando sempre de máscara; não quero ser o causador de cegueira generalizada.
Tal como os ké-frôs, parece que estão em todo o lado!
É gente com quem nos cruzamos diariamente, mas rezamos sempre que passem para o outro passeio, não vão eles transmitir-nos o vírus da horribilidade.
Agora que o tempo anda mais para o frescote, ainda vemos algumas das preponderâncias escalabrosas escondidas por um qualquer sobretudo oferecido pela prima afastada emigrada na Suíça (graças a Deus), e assim sempre conseguimos apreciar a alta-costura de 1925.
Mas, se por ventura essas pessoas se lembram de nos pedir lume ou indicações, ficamos logo com o dia estragado… aquela imagem assola a nossa mente durante horas a fio.
Ficamos com a imagem e dizemos para nós próprios “ se fosse comigo, processava a minha mãe por danos à população”.
Felizmente nem todos temos espelhos em casa.
Pior ainda do que gente feia por natureza, são as pseudo-mais-ou-menos-feias-só-porque-sim.
Traduzindo; recordo-me dos meus tempos de Tom Sawyer, onde quem usava aparelho sinalético no esqueleto dental era considerado esquisito, e era a criancinha que apanhava por apenas duas razões…por tudo e por nada.
Era o “chungoso” lá da escola…podia ser um doce, mas até fazíamos questão de o fazer parecer pior do que era.
Hoje provavelmente é o dono de uma multinacional qualquer.
Adiante, o que na minha altura de teenager inconsciente era piroso, horrível e por vezes nojento, hoje em dia é moda!
Ainda não percebi muito bem o porquê, mas cada vez vejo mais jovens, não tão jovens quanto isso, que exibem orgulhosamente o último grito nas tecnologias estomatologicas.
É com cores, com brilhantes, com retro-reflectores…. Há de tudo.
Creio que existe um modelo que já vem com Bluetooth, vá-se lá entender.
Porquê agora?
Ninguém avisou esses cromos que agora já não há nada a fazer?
Só os olhos é que terminam o seu desenvolvimento mais tarde, tudo o resto temos de nos aguentar à bomboca com o que os nossos ricos paizinhos nos deram.
Aos 40 é que me vou lembrar de colocar um aparelho nas chiclets?
Não amigos e amigas…se não me preocupei antes, quando ainda era “fodível”(passo expressão), agora só se fôr para ter bom aspecto na fotografia do funeral.
Este é apenas um aspecto, e as restantes bizarmas deste nosso lindo e saudável país?
É só vê-las na fila do McDonald’s…parece que estão a armazenar energia para ibernarem.
São quilos e quilos de carne, com todas as molhangas e mais algumas… mas depois usam o lema “Gordura é formesura”…oh amigo(a)??
Nessa altura ainda era sexy as mulheres terem bigode, passa adiante!
Visto a esta altura do campeonato haver provedores para tudo e mais alguma coisa, acho que seria, vá digamos, de bom tom, colocar um provedor de beleza em casa de todos os portugueses.
A função dele seria muito simples:
Podes sair à rua... ou não, deixa-te estar quieto(a) não vás causar acidentes em pleno Marquês de Pombal.

Feio mas com orgulho, parece ser o lema nacional!